leia

Engenharia Ambiental e Sanitária: o que é?

Por Bernardo de Mello

Nos dias de hoje, países do mundo todo estão cada vez mais empenhados em amenizar os efeitos da ação humana sobre a natureza. Nessa direção, sociedade civil, empresas e governos se mobilizam em prol do Desenvolvimento Sustentável.

Apontado como um dos principais responsáveis pelo agravamento do desequilíbrio ambiental, o setor produtivo tem investido em práticas que ajudem a recuperar o ecossistema, justificando um cenário promissor para os profissionais da área.

Quem faz uma faculdade de Engenharia Ambiental e Sanitária em Palmas, Tocantins, pode se beneficiar desse bom momento, para assumir uma das muitas vagas, basta se qualificar!

Afinal, que responsabilidades competem a este engenheiro?

O entendimento sobre o que é Engenharia Ambiental e Sanitária pressupõe a necessidade de implementação de práticas visando à identificação e o reconhecimento de riscos ambientais, apostando em medidas capazes de amenizar os efeitos danosos da ação humana.

Em suma, o engenheiro atua como um agente de conciliação entre o desenvolvimento e a preservação da natureza. Nesse contexto, é responsável por mensurar os níveis de contaminação do ar, da água e do solo, em decorrência do despejo de resíduos industriais, por meio da análise de amostras.

Também está entre as suas principais atribuições a elaboração de estudos e articulação de ações com o objetivo de promover a recuperação das áreas degradadas.

Por último, ele se dedica a viabilizar ações para garantir que toda a população tenha acesso à infraestrutura mínima quando o assunto é saneamento básico, garantindo, por exemplo, que água e esgoto sejam adequadamente tratados.

Qual o perfil do Engenheiro Ambiental e Sanitarista?

O Engenheiro Ambiental e Sanitarista necessita, como condição primária para uma carreira bem-sucedida, conhecer todas as diretrizes estabelecidas pela legislação que regulamentam as atividades no setor. Mais do que isso, é preciso respeitar o fato de que alterações podem ser feitas em um curto intervalo de tempo.

Elege-se como primordial que o profissional esteja atento a evolução dos recursos tecnológicos, à medida que eles são a base para a proposição de soluções sustentáveis, que contemplem a redução de poluentes e o reaproveitamento de matérias-primas.

Igualmente importante é o domínio de um idioma estrangeiro, especialmente o inglês, e a capacidade de tomar decisões rápidas, uma vez que uma série de imprevistos podem demandar a execução de alterações drásticas no escopo de um projeto.

Onde você pode trabalhar?

Uma vez que você tenha concluído a faculdade de Engenharia Ambiental e Sanitária em Palmas, Tocantins, estará apto a ingressar em um mercado promissor. Contraditoriamente, no entanto, algumas vagas não são preenchidas pela falta de profissionais qualificados.

De todo modo, convém a ressalva de que presença de um Engenheiro Ambiental e Sanitarista é frequente em muitas entidades diretamente ligadas ao Poder Público – transformando-se em uma ótima alternativa para os concurseiros de plantão – ou então empresas e organizações interessadas em implementar modelos de gestão ambiental.

Destaca-se ainda a possibilidade de atuar na condição de autônomo ou consultor, responsabilizando-se pela emissão de licenças e demais certificações ambientais. Não fosse por outros motivos, este reconhecimento ajuda as empresas portadoras a solidificar sua imagem perante o público em geral.

Entendeu o que é Engenharia Ambiental e Sanitária e por que o curso é tão importante? Se você se entusiasmou em seguir essa profissão, faça o download do nosso e-book para conhecer mais detalhes do curso.

Inscreva-se agora!

Leia também: Aproveite todo o potencial da faculdade para começar sua carreira de sucesso!

Receba os melhores conteúdos no seu e-mail!