leia

Engenharia Civil é a profissão do futuro. Entenda!

Por Bernardo de Mello

.Novas profissões estão sempre surgindo, mas há aquelas que mesmo sendo muito antigas, continuam com demanda constante e ainda são consideradas profissões do futuro. Esse é o caso da Engenharia Civil. Mesmo em cenário de crise, o investimento em infraestrutura e o mercado da construção civil continuam sendo essenciais.

Quer saber mais sobre as atuações desse profissional e a situação do mercado? Continue a leitura e confira!

O que é Engenharia Civil?

Para o senso comum, o engenheiro civil é aquele que profissional que trabalha no campo de obras. Mas, na prática, o que é Engenharia Civil? É o ramo responsável por avaliar, projetar, construir e melhorar edificações, estruturas e infraestruturas.

Seja um prédio, estrada, ferrovia, túnel ou estrutura para saneamento das cidades, o profissional está envolvido em toda a concepção dos projetos. Ele é responsável por fazer os cálculos que definem a base da construção, os materiais necessários para sustentação e durabilidade.  

O engenheiro também fica a cargo de gerenciar as equipes de instalação, operação e montagem. Além disso, os reparos e manutenções devem ser acompanhados por ele, para que sejam seguidos os padrões de segurança e qualidade, para evitar qualquer erro.

Possibilidades de atuação do engenheiro civil

A atuação do engenheiro civil vai além do dia a dia em campos de obras com construção. Quem escolhe essa carreira está apto a lidar com cálculo estrutural, geotecnia, saneamento, hidráulica, estradas e transportes.

Se prosseguir com os estudos após a graduação, buscando uma especialização, é possível também trabalhar no setor ambiental, produção ou segurança do trabalho.

Vistorias, avaliações e perícias também estão entre as possibilidades de atuação do engenheiro civil.

O mercado

Apesar da crise ter provocado uma desaceleração no mercado, atuação do engenheiro civil continua sendo necessária e ainda há mercado. O IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Avançada fez uma pesquisa informa que até 2020, haverá carência de profissionais e serão criados cerca de 600 mil empregos na área.

Em relação aos salários encontrados no mercado, o profissional no início da carreira pode chegar a receber R$ 4 mil. Com o passar do tempo, ao acumular mais experiência, a média vai para R$5,3 mil e no auge da atuação, dependendo do porte da empresa, a remuneração pode variar de R$10 mil a R$20 mil.

O mercado em Tocantins

Especificamente em Tocantins, a retomada do setor já é percebida. Em 2017, a construção civil foi um dos setores que mais gerou emprego, juntamente com o de serviços. Um bom sinal para quem é do Tocantins e pensa em optar por essa carreira, mas não tem muitas informações sobre como está o mercado.

Um dos motivos é que a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Emprego criou o programa “Habita Palmas”, que incentiva a política habitacional, concedendo, às construtoras benefícios, fiscais.

Por isso, quem se interessa pelo ramo na região, não precisa ter receio de entrar para uma faculdade de engenharia civil em Palmas (Tocantins), pois há grande potencial do mercado continuar em ascensão.

Está decidido? Entre em nossa página, faça sua inscrição no curso! Caso ainda esteja pensando, aproveite para baixar o e-book que preparamos para você e saiba mais sobre as possibilidades de atuação do engenheiro civil, o perfil do aluno e o curso da Católica do Tocantins!

Faça o download gratuito do e-book!

Leia também: Financiamento estudantil: entenda o que é prouni e fies

Receba os melhores conteúdos no seu e-mail!