leia

O que é administração rural?

Por Bernardo de Mello

Independentemente do tamanho de uma propriedade rural, todo negócio no campo precisa contar com uma boa administração e gestão de seus recursos. É aí que surge a administração rural, fundamental para quem quer garantir alta produtividade e atingir o sucesso financeiro da sua fazenda, com mais eficácia e eficiência. 

Mas o que é administração rural?

Com a nova ordem da administração rural, houve uma quebra de paradigma em que os conceitos de propriedade rural familiar deram lugar à empresa rural administrada por profissionais detentores de conhecimento científico e técnico, os chamados administradores rurais, responsáveis pela organização e operação agrícola.

Nesse contexto, a Administração Rural, um dos ramos da ciência administrativa, se tornou essencial na tomada de decisão pelos gestores, contribuindo com uma visão ampla da fazenda, especialmente nas áreas financeira e de pessoas, visando a um uso mais eficiente dos recursos para obter resultados mais eficientes. 

O que faz um administrador rural?

Na prática, o administrador rural é quem controla e gerencia as atividades agrícolas. A administração consiste em atos de decisão sobre a distribuição de recurso, de modo a responder: o que produzir, como, quanto, com quais recursos e para quem

Uma das funções mais importantes do Administrador Rural é o planejamento e a organização das finanças do negócio. Com as finanças em ordem, ele consegue determinar quanto pode gastar na lavoura, o que vai permitir orçar e planejar toda a safra, além de apresentar o custo de produção agrícola real. Isso vai determinar, por sua vez, os preços de venda dos produtos agrícolas. Além disso, ele monitora e valida o que deu certo e o que deu errado por meio dos registros que permitem que sua fazenda melhore cada vez mais em termos de produtividade e rentabilidade.

Para isso, esse profissional precisa entender de:

  • Agroqualidade, por menos desperdício e maior eficiência na produção;
  • Análise de resultados para definir as ações a serem tomadas;
  • Custo de produção para realizar a avaliação econômica da atividade;
  • Informática e tecnologia, necessárias para processar um grande volume de informações;
  • Políticas governamentais e Meio ambiente para compreender em qual contexto fará a produção agrícola e quais são as premissas básicas que devem refletir na atividade agrícola.

Como se preparar para atuar na área?

O curso mais indicado para quem quer atuar como Administrador Rural é a graduação em Agronomia, que oferece conhecimentos e práticas para que o futuro profissional saiba como gerenciar, planejar, fiscalizar, executar e coordenar ações de melhoria do setor agrícola. 

Com duração de 5 anos, o curso de Agronomia tem, em seus semestres iniciais, um foco maior em disciplinas ligadas às ciências biológicas, como por exemplo, a própria biologia. No decorrer da graduação, o aluno passa a ter contato com conteúdos mais voltados ao campo propriamente dito e com noções de administração e gestão.

O curso de Agronomia do Centro Universitário Católica do Tocantins apresenta uma estrutura curricular que objetiva garantir um eficiente embasamento teórico, científico e prático, aliado à utilização de tecnologias avançadas e ao desenvolvimento de metodologias produtivas para a agropecuária. 

Você sonha em atuar no segmento do agronegócio e cursar Agronomia? Preparamos um conteúdo especial para você conhecer tudo sobre o curso de Agronomia do UniCatólica. Saiba mais!

 

Tags: agronomia

Receba os melhores conteúdos no seu e-mail!