A dor é um sintoma muito comum e constante na vida de pacientes acometidos por diversas doenças, como as cardiovasculares, as respiratórias, as crônicas, os cânceres e a AIDS que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), podem levar à necessidade de cuidados paliativos.

Os cuidados paliativos são métodos desempenhados por equipes profissionais da saúde que buscam prolongar a vida e amenizar o desconforto da dor em pessoas que possuam alguma doença grave e progressiva que pode ameaçar a continuidade da sua vida. A técnica deve possuir uma abordagem investigativa para promover uma compreensão assertiva acerca do manejo e observar as complicações e sintomas que podem ser pertinentes ao tratamento ou ao avanço da doença.

Esses cuidados estão presentes em todos os níveis de atendimento, seja o primário, o secundário ou os serviços especializados e são prestados por profissionais de saúde, educados e qualificados através de treinamento apropriado, que oferecem a abordagem por atendimento domiciliar, em ambientes comunitários, em hospitais ou unidades de longa permanência.

Mesmo com a inserção das atividades que envolvam os cuidados paliativos no Sistema Único de Saúde (SUS), o acesso e manejo da dor a profissionais qualificados ainda é restrito. Atualmente, em Palmas (TO), existe investimento para profissionais em serviços de home-care. Atendendo a necessidade de promover uma especialização que atenda essa necessidade, o curso de Pós-Graduação Lato Sensu em “Cuidados Paliativos do Adulto e Manejo da Dor” do Centro Universitário Centro Universitário Católica do Tocantins (UniCatólica) propõe a formação em formato híbrido, com foco a capacitar profissionais da área da saúde de Palmas e cidades próximas.

Público-alvo

Profissionais graduados em diversas áreas da saúde, como: Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Medicina, Nutrição, Odontologia, Assistente social, Terapeuta ocupacional e áreas afins.

CTAs-01